Anúncios

Quiasmo no Novo Testamento (1 Coríntios e Marcos)

receita-sanduiche-vegetariano-1Quiasmo, estrutura A-B-AI ou “estrutura sanduíche”, é uma estrutura literária semítica, comumente encontrada nas poesias hebraicas bíblicas (Salmos, Lamentações e vários livros proféticos).[1] A estrutura também é encontrada em narrativas do Antigo Testamento.[2] No livro dos Salmos há diversas estruturas quiásmicas. A do Salmo 67 é um exemplo clássico. Veja como as primeiras ideias são semelhantes às últimas e como a ideia central é destacada.

 

A Seja Deus gracioso para conosco, e nos abençoe, e faça   resplandecer sobre nós o rosto;

para que se conheça na terra o teu caminho e, em todas as   nações, a tua salvação.

B Louvem-te os povos, ó Deus; louvem-te os povos todos.
C Alegrem-se e exultem as gentes, pois julgas os povos com equidade

e guias na terra as nações.

B1 Louvem-te os povos, ó Deus; louvem-te os povos todos.
A1 A terra deu o seu fruto, e Deus, o nosso Deus, nos   abençoa.

Abençoe-nos Deus, e todos os confins da terra o temerão.

 

Como o Novo Testamento foi escrito em sua maioria por autores judeus, é possível encontrar diversas estruturas quiásmicas também no NT. Paulo, por exemplo, em 1 Coríntios, usa esse artifício diversas vezes:

 

A   1Co 8 Comida sacrificada a ídolos

B        1Co 9 Exemplo pessoal de Paulo

A1   1Co 10 Comida sacrificada a ídolos

A   1Co 12 Dons Espirituais

B        1Co 13 Amor

A1   1Co 14 Dons Espirituais

 

No evangelho de Marcos também há diversas dessas estruturas. Uma que me chamou a atenção recentemente está em Mc 3.21-35. O versículo 21 apresenta o A. Ele nos informa que a família de Jesus (Maria e seus irmãos) saiu para prendê-lo, pois cria que ele estava fora de si. Na época, a família era responsável por cuidar dos seus próprios loucos.

Em seguida, vêm os versículos 3.22-30, que formam o B, o centro desse texto. É uma discussão de Jesus com os escribas, os quais dizem que Jesus está blasfemando e que ele está possesso de Belzebu, o maior dos demônios. Jesus responde com uma parábola: um reino, ou casa/família que luta contra si mesmo, não consegue subsistir. Só se pode roubar uma casa quando o valente da casa estiver amarrado. Dessa forma, Jesus deixou claro que o poder dele não vinha de Belzebu, mas do Espírito. Assim, atribuir obra feita pelo poder do Espírito é blasfemar contra o Espírito e esse pecado não tem perdão.

Então, vem a última parte do trecho, o A1. A casa/família de Jesus chega até ele. Lembre-se, eles saíram para prendê-lo pensando que estivesse louco. Eles chegam e mandam chamá-lo (Mc 3.31). As pessoas avisam a Jesus de que seus parentes estão lá fora à sua procura (Mc 3.32). Então Jesus diz: “Quem é minha mãe e meus irmãos? Eis minha mãe e meus irmãos [olhando para os presentes], Portanto, todo aquele que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, irmã e mãe”.

O resultado dessa estrutura sanduíche é que a parábola sobre a casa dividida, do ponto de vista literário, serve tanto para escribas, quanto para a sua própria família de Jesus. Além disso, vemos que a resistência a Jesus envolvia tanto a sua família dizendo que ele era louco, quando os escribas dizendo que ele era de Belzebu. No meio dessa situação se encontram os leitores, que têm que decidir se Jesus é louco, é possesso ou tornarem-se seus irmãos, irmãs e mães fazendo a vontade do Pai, ouvindo a Jesus e aceitando-o.

Pode-se dizer que outra aplicação desse texto, diz respeito a perseguição que os verdadeiros seguidores de Jesus também estão sujeito a sofrer dentro de sua família e entre irmãos da igreja. Se o Senhor foi considerado louco e possesso, aqueles que lhe forem fiéis estarão sujeitos ao mesmo tratamento, o que lhes deverá ser uma honra e privilégio.

 

_______________________________________

[1] Quiasmo é “Uma sequência de componentes repetidos em ordem inversa… A repetição pode ocorrer no nível de fonemas (sons semelhantes), lexemas (palavras idênticas ou sinônimas), componentes gramaticais equivalentes (sujeito, verbo, objeto :: objeto, verbo, sujeito) ou componentes relacionados conceitualmente”. Longman, Tremper, and Peter Enns. Dictionary of the Old Testament: Wisdom, Poetry & Writings. Downers Grove, Ill: IVP Academic, 2008, 54. “Quiasmo, a forma poética hebraica por excelência, deriva seu nome da letra grega X ou “Chi” e significa uma figura retórica e temática semelhante ao paralelismo invertido, onde palavras, cláusulas, expressões, caracteres e elementos narrativos são trocados em uma inversão semelhante a que ocorre no espelho”. Rosenblatt, Jason Philip, and Joseph C. Sitterson. Not in Heaven: Coherence and Complexity in Biblical Narrative. Bloomington: Indiana Univ. Press, 1991, p. 212.

[2] Bodine afirma que “O quiasmo na narrativa hebraica pode ser usado para atrasar informação, diminuir o ritmo da linha de evento, mudar a atenção para um tópico novo ou para mudar o caráter temático. No entanto, na poesia hebraica o quiasmo reafirma, compara e contrasta visando à elaboração, ênfase ou ritmo”. Bodine, Walter Ray. Linguistics and Biblical Hebrew. Winona Lake, Ind: Eisenbrauns, 1992, p. 164

 

Uncategorized

Anúncios

João Paulo Thomaz de Aquino Visualizar tudo →

Mestre em Antigo Testamento pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper (CPAJ, 2007), mestre em Novo Testamento pelo Calvin Theological Seminary (2009) e doutor em ministério pelo CPAJ (2015), doutorando em Novo Testamento pela Trinity International University. É professor de Novo Testamento no CPAJ e ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil. É também editor dos websites http://www.issoegrego.com.br e http://yvaga.wordpress.com.

1 comentário Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: