Anúncios

Como fazer exegese no livro de Apocalipse?

(Pensamentos introdutórios) Image

O livro mais difícil de interpretar no Novo Testamento é certamente o Apocalipse. Para confirmar isso, basta dizer que existem quatro linhas diferentes de interpretação do mesmo: preterista, historicista, idealista e futurista e que cada uma dessas escolas tem intérpretes que discordam entre si. Em suma, existem diversas interpretações do Apocalipse coexistindo e o livro continua sendo temido por muitos. Além disso, se por um lado o estudo da escatologia é bastante comum nas igrejas, não é tão comum o estudo exegético sério ou pregações neste livro. Assim, este manual tem como objetivo propor alguns passos que facilitarão a interpretação deste importante livro bíblico. Note que esses passos, em certa medida, são mais lógicos do que cronológicos. Assim, é necessário que você repita alguns desses passos em diferentes estágios de sua interpretação.

  • Oração – Como acontece em qualquer livro bíblico, também no Apocalipse precisamos da bênção do Espírito Santo de Deus a nos iluminar para que compreendamos o significado do texto bíblico.
  • Tente suspender temporariamente as suas concepções escatológicas – sei que o que estou recomendando aqui é impossível de se fazer completamente. Ainda assim, estou recomendando uma atitude de tentar aproximar-se do texto pronto para ouvir o que o texto tem a dizer, mesmo se isso for contrário à sua concepção pré-adquirida.
  • Traduza o texto – existem tempos e modos verbais do grego que não são traduzidos de maneira exata em nenhuma versão bíblica. Além disso, a ordem das palavras que é tão fundamental no grego para demonstrar a ênfase do autor, também não é preservada nas traduções “comerciais”. Assim, sendo, é de extrema importância que o intérprete bíblico faça a sua própria versão literal do texto grego;
  • Faça uma estrutura do texto – Depois de fazer a sua tradução literal, o intérprete deve fazer uma estrutura do texto. Essa estrutura, que poderá fazer uma divisão por cláusulas ou por ideias, deverá demonstrar o relacionamento entre as ideias do texto, facilitando a sua compreensão.
  • Busque textos do Antigo Testamento que lancem luz sobre o teu texto – O livro do Apocalipse faz diversas menções ao Antigo Testamento. Normalmente isso acontece não por meio de citação direta, mas através de citação indireta, reprodução de cenas, uso de vocabulário semelhante etc.  Encontre textos assim e descubra como eles lançam luz sobre o teu texto.
  • Busque textos no Novo Testamento textos que lancem luz sobre o teu texto – Existem outros trechos do Novo Testamento que tratam sobre os mesmos assuntos tratados no Apocalipse e, por vezes, de maneira mais clara, caso de Mateus 24—25; 1 Tessalonicenses 4; 1 Coríntios 15 etc.
  • Busque referentes históricas da época da escrita – É dever do intérprete, no afã de encontrar o significado intendido pelo autor, estudar o contexto histórico, cultural, geográfico, político e religioso do texto. Estudar assuntos como adoração imperial, perseguição, Ásia Menor, nicolaísmo, e diversos outros, é fundamental para conseguirmos uma interpretação sadia do texto.
  • Familiarize-se com os gêneros literários do Apocalipse – O Apocalipse tem três gêneros literários: literatura apocalíptica, profecia e carta. É necessário que o intérprete se familiarize com esses gêneros literários e veja em que esses gêneros interferem no significado do texto.
  • Defina qual estrutura do livro você adota – existem diversas estruturas diferentes do livro de Apocalipse. Existem estruturas que apresentam o livro como sendo composto de sete seções que repetem a mesma história, existem estruturas que se parecem com um hambúrguer, com seções paralelas que se repetem dos limites do livro caminhando para o meio. Existem também estruturas que apresentam o livro de maneira linear. Assim, a estrutura que alguém adota tem influência direta na maneira que a pessoa interpreta cada texto específico.
  • Defina em qual época você crê que o livro foi escrito – a partir de pesquisa séria e bem informada, tente chegar à uma conclusão pessoal acerca da data do livro, se o mesmo foi escrito em meados do primeiro século (antes de 70 d.C.) ou no final do primeiro século. Essa decisão é importante, pois ela influenciará na exegese.
  • Tente responder a pergunta: como esse texto seria interpretado de maneira mais simples pelos contemporâneos de João? O Apocalipse foi escrito primariamente para as 7 igrejas da Ásia menor que aparecem nos capítulos 2—3, para encorajá-las em meio a perseguição e desafiá-las a viverem o cristianismo de maneira mais efetiva. Como o seu texto se relaciona com esse objetivo.
  • Faça uma declaração provisória do ensino do texto – esta declaração deve ser uma afirmação (proposição, tese) questionável, ou seja, uma afirmação passível de discordância e discussão.
  • Compare a sua interpretação – compare a sua interpretação com a de outros intérpretes. Escolha pelo menos um intérprete de cada diferente escola de interpretação do Apocalipse; Tente fazer uma análise imparcial desses comentários, salientando os pontos fortes de cada visão. Veja como a sua interpretação pode ser melhorada a partir da interação com esse material. Esteja aberto para questionar as suas posições quanto a estrutura do livro, posição hermenêutica e posição escatológica. Recomendo fortemente o comentário paralelo do Apocalipse editado por Steve Gregg.
  • Aplique a mensagem do texto – Qual é a mensagem desse texto para você e para o contexto no qual você está inserido? O que esse texto revela sobre Deus, Jesus, o ser humano, a igreja, os ímpios, o reino de Deus, Satanás e o seu reino?

Dica Exegética

Anúncios

João Paulo Thomaz de Aquino Visualizar tudo →

Mestre em Antigo Testamento pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper (CPAJ, 2007), mestre em Novo Testamento pelo Calvin Theological Seminary (2009) e doutor em ministério pelo CPAJ (2015), doutorando em Novo Testamento pela Trinity International University. É professor de Novo Testamento no CPAJ e ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil. É também editor dos websites http://www.issoegrego.com.br e http://yvaga.wordpress.com.

1 comentário Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: