Anúncios

Como escolher um texto bíblico para a exegese?

Image                Estudantes de teologia de graduação e de pós-graduação por vezes se veem na situação de terem que escolher uma passagem bíblica para produzir um trabalho exegético. Não incomum que alguns estudantes travem logo na hora de escolher com qual texto trabalhar. Este pequeno guia prático visa ajudar estes estudantes em sua tarefa da escolhe do melhor texto para a exegese.

 

CRITÉRIO 1: GOSTO PESSOAL

                O primeiro critério para a escolha do texto no qual você vai desenvolver a sua exegese deve ser o seu gosto pessoal! Você deve escolher fazer a exegese de um texto que você tenha interesse especial: pode ser um texto com o qual você tenha uma relação de carinho, ou um texto cujo significado ou problemas sejam um desafio especial para você. Escolha um texto que o motive de maneira especial a lançar-se à pesquisa.

               

  • Caso você tenha liberdade, escolha um autor bíblico de sua preferência e um livro bíblico do qual você goste de forma especial.
  • Escolha o texto de acordo com o gênero ou subgênero literário que você mais gosta (narrativa, carta, homilia, literatura apocalíptica, hino, parábola, credo, códigos de ética, diatribe, poesia, midrash, milagre etc.)
  • Leia (ou folheie) todo o livro e faça uma lista das passagens das quais você mais gostou ou dos textos que mais te desafiaram.

 

CRITÉRIO 2: FACTICIDADE

                O segundo critério que deve ser levado em conta para a escolha do texto bíblico é a facticidade, ou seja, deve-se escolher um texto a partir do qual seja possível produzir um trabalho exegético, um texto manejável.

 

  • Quantos versículos? É impossível delimitar uma quantidade precisa de versículos para uma exegese, pois isso depende de como o autor do texto organizou suas ideias e do gênero literário com o qual estamos lidando. O fato é que o trabalho exegético deve ser desenvolvido em uma pericope. Uma pericope é uma porção de texto que contenha uma proposição, uma ideia completa que o autor quis transmitir. Pode ser um parágrafo, um sermão, um dos pontos de um sermão, um hino, um argumento, uma estrofe, a narração de um fato, um diálogo, uma resposta, uma visão, uma parte específica de uma visão. Existe mais de uma possibilidade de definir uma pericope em um mesmo texto, mas certamente é possível definir erradamente uma pericope: basta interromper o pensamento do autor no meio, antes de ele concluir a ideia principal que estava sendo desenvolvida naquela parte do texto.
  • Existe material? Outro passo para a definição da factibilidade da exegese no texto pretendido é se existe material de pesquisa suficiente sobre aquele texto ao seu alcance. Ou seja, a quantidade de livros e artigos acadêmicos sobre aquele texto aos quais você terá acesso deve ajuda-lo a definir o texto.
  • É difícil demais ao ponto de você não ter condições de lidar? Você deve ser consciente de suas limitações, não escolha um texto cujas dificuldades sejam grandes demais para você no momento (tempo, conhecimento, capacidade).
  • É fácil demais ao ponto de não ter problemas para solucionar?  Ao mesmo tempo, você não pode escolher um texto que seja fácil demais, pois este não oferecerá problemas e seu trabalho não terá grande relevância e utilidade.

 

Uma vez que o seu texto tiver sido escolhido, leia-o repetidamente, a fim de encontrar quais problemas hermenêuticos, exegéticos e teológicos o mesmo tem a oferecer e mãos à obra!

 

Uncategorized

Anúncios

João Paulo Thomaz de Aquino Visualizar tudo →

Mestre em Antigo Testamento pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper (CPAJ, 2007), mestre em Novo Testamento pelo Calvin Theological Seminary (2009) e doutor em ministério pelo CPAJ (2015), doutorando em Novo Testamento pela Trinity International University. É professor de Novo Testamento no CPAJ e ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil. É também editor dos websites http://www.issoegrego.com.br e http://yvaga.wordpress.com.

2 comentários Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: