Anúncios

Para que estudar Grego?

 

Se temos inúmeras traduções bíblicas e vários softwares de exegese bíblica para que devemos gastar tempo para estudar as línguas bíblicas originais?

Esta pergunta é justa e merece uma resposta séria. Pretendo dar essa resposta aqui, fazendo antes uma observação. Apesar de ser professor de exegese do Novo Testamento e de defender que todo teólogo e pastor deve conhecer o grego bíblico o mais profundamente possível, creio que é possível fazer uma pregação bíblica boa sem consultar as línguas originais. Isso é possível desde que o pregador escolha um texto de baixa dificuldade, leia-o e estude com muita atenção em uma boa tradução, comparando-a com outras traduções e consulte outros materiais para ajudá-lo a entender o ensino central do texto. É com base nisso que é possível permitir a pregação leiga nos cultos.

Apesar dessa possibilidade, reafirmamos que o estudo do grego bíblico é de suma importância para o estudante de teologia e para o pastor. Listamos abaixo algumas justificativas para essa afirmação:

 

1 – Doutrina da inspiração: a teologia reformada afirma em sua doutrina da inspiração que que os autógrafos bíblicos, os textos escritos pelos escritores bíblicos ou editados pelos primeiros editores, é que foram expirados (teopneustos) por Deus. A doutrina não se aplica às cópias que foram sendo feitas com o passar dos anos, e, menos ainda, às traduções feitas para diversas línguas. Assim, os textos gregos de que dispomos são o que mais próximo se pode chegar daqueles autógrafos. Só este fato já nos deveria fazer apreciar o Novo Testamento Grego nas diferentes edições que dispomos: eles estão bem mais próximos da Palavra de Deus escrita e chancelada pelos apóstolos do que as nossas traduções.

2Tm 3.16 πᾶσα γραφὴ θεόπνευστος καὶ ὠφέλιμος πρὸς διδασκαλίαν, πρὸς ἐλεγμόν, πρὸς ἐπανόρθωσιν, πρὸς παιδείαν τὴν ἐν δικαιοσύνῃ (toda escritura é expirada por Deus, útil para a instrução, para reprovação, para correção, para instrução na justiça).

 

2 – Traduttore traditore (O tradutor é um traidor): o fato de haverem várias traduções bíblicas, em vez de ser a solução para a necessidade de estudar as línguas originais é na verdade uma evidência da necessidade de estudá-la. Porque existem tantas traduções e elas tem diferenças tão sérias entre si? Além de uma diferença na versão grega seguida, existem as diferenças causadas pela interpretação diferente de cada tradutor. Além disso existem nuances, expressões e construções que são realmente impossíveis de se traduzir e somente aquele leitor que tem acesso ao grego terá condições de tomar suas próprias decisões. Por exemplo, um genitivo no grego pode ter XX usos. Como você pode saber se o tradutor da sua versão bíblica escolheu a opção correta para traduzir. É nesse sentido que os italianos inventaram o trocadilho: Traduttore traditore! Lembre-se, Deus criou diferentes línguas para que os homens não entendessem uns aos outros (Gn 11). A tradução demonstra isso de maneira bem clara. Nenhuma tradução consegue exprimir de forma completa aquilo que estava no texto original.

ARA[1]

ARC[2]

NTLH[3]

NVI[4]

Bíblia Ave Maria[5]

Bíblia Viva[6]

Bíblia da CNBB[7]

1.1   Paulo, chamado pela vontade de Deus para ser apóstolo de Jesus Cristo, e o irmão Sóstenes,

1.2   à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso:

1.3   graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.

1.4   Sempre dou graças a [meu] Deus a vosso respeito, a propósito da sua graça, que vos foi dada em Cristo Jesus;

1.5   porque, em tudo, fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento;

1.6   assim como o testemunho de Cristo tem sido confirmado em vós,

1.7   de maneira que não vos falte nenhum dom, aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo,

1.8   o qual também vos confirmará até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo.

1.9   Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

1.10   Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer.

1.1   Paulo (chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus) e o irmão Sóstenes,

1.2   à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso:

1.3   graça e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.

1.4   Sempre dou graças ao meu Deus por vós pela graça de Deus que vos foi dada em Jesus Cristo.

1.5   Porque em tudo fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento

1.6   (como foi mesmo o testemunho de Cristo confirmado entre vós).

1.7   De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo,

1.8   o qual vos confirmará também até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo.

1.9   Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

1.10   Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa e que não haja entre vós dissensões; antes, sejais unidos, em um mesmo sentido e em um mesmo parecer.

1.1-2   Eu, Paulo, que fui chamado pela vontade de Deus para ser apóstolo de Cristo Jesus, escrevo, junto com o irmão Sóstenes, esta carta à igreja de Deus que está na cidade de Corinto. Escrevo a todos os que, pela sua união com Cristo Jesus, foram chamados para pertencerem ao povo de Deus. Esta carta é também para aqueles que em todos os lugares adoram o nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso.

1.3   Que a graça e a paz de Deus, o nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês!

1.4   Eu sempre agradeço ao meu Deus por causa da graça que ele tem dado a vocês por meio de Cristo Jesus.

1.5   Por estarem unidos com Cristo Jesus, vocês foram enriquecidos em tudo, tanto no dom de anunciar o evangelho como no dom da sabedoria espiritual.

1.6   A mensagem a respeito de Cristo está tão firme em vocês,

1.7   que vocês não têm deixado de receber nenhum dom espiritual enquanto esperam a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo.

1.8   Cristo vai conservá-los firmes até o fim para que no dia da volta do nosso Senhor Jesus Cristo vocês não tenham culpa de nada.

1.9   Deus é fiel e chamou vocês para que vivam em união com o seu Filho Jesus Cristo, o nosso Senhor.

1.10   Irmãos, peço, pela autoridade do nosso Senhor Jesus Cristo, que vocês estejam de acordo no que dizem e que não haja divisões entre vocês. Sejam completamente unidos num só pensamento e numa só intenção.

1 Paulo, chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, e o irmão Sóstenes,

2 à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus e chamados para serem santos, juntamente com todos os que, em toda parte, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso:

3 A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.

4 Sempre dou graças a meu Deus por vocês, por causa da graça que lhes foi dada por ele em Cristo Jesus.

5 Pois nele vocês foram enriquecidos em tudo, isto é, em toda palavra e em todo conhecimento,

6 porque o testemunho de Cristo foi confirmado entre vocês,

7 de modo que não lhes falta nenhum dom espiritual, enquanto vocês esperam que o nosso Senhor Jesus Cristo seja revelado.

8 Ele os manterá firmes até o fim, de modo que vocês serão irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo.

9 Fiel é Deus, o qual os chamou à comunhão com seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

10 Irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo suplico a todos vocês que concordem uns com os outros no que falam, para que não haja divisões entre vocês; antes, que todos estejam unidos num só pensamento e num só parecer.

1. Paulo, apóstolo de Jesus Cristo por chamamento e vontade de Deus, e o irmão Sóstenes,

2. à igreja de Deus que está em Corinto, aos fiéis santificados em Jesus Cristo, chamados à santidade, juntamente com todos os que, em qualquer lugar que estejam, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso;

3. a vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e da parte do Senhor Jesus Cristo!

4. Não cesso de agradecer a Deus por vós, pela graça divina que vos foi dada em Jesus Cristo.

5.  Nele fostes ricamente contemplados com todos os dons, com os da palavra e os da ciência,

6. tão solidamente foi confirmado em vós o testemunho de Cristo.

7. Assim, enquanto aguardais a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo, não vos falta dom algum.

8. Ele há de vos confirmar até o fim, para que sejais irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo.

9. Fiel é Deus, por quem fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

10. Rogo-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que todos estejais em pleno acordo e que não haja entre vós divisões. Vivei em boa harmonia, no mesmo espírito e no mesmo sentimento.

1 DE PAULO, escolhido por Deus para ser missionário de Cristo, e do irmão Sóstenes.

2 Para: Os cristãos de Corinto, convidados por Deus para serem seu povo, feitos dignos dele por obra de Cristo Jesus. E para: Todos os cristãos em toda parte – todos quantos invocam o nome de Jesus Cristo, Senhor nosso e deles também.

3 Que Deus, nosso Pai, e o Senhor Jesus Cristo dêem de todas as suas bênçãos a vocês, bem como grande paz, tanto de mente como de coração.

4 Nunca posso deixar de agradecer a Deus todos os dons magníficos que Ele lhes concedeu, agora que vocês são de Cristo.

5 Ele enriqueceu-lhes a vida inteira. Ele os ajudou a testificar dele, e deu-lhes uma compreensão total da verdade.

6 O que eu lhes disse que Cristo podia fazer por vocês, aconteceu!

7 Agora vocês desfrutam de toda a graça e todas as bênçãos; pertence-lhes todo o dom espiritual e todo o poder para executar a vontade dele durante este período de espera pela volta de nosso Senhor Jesus Cristo.

8 E Ele garante, até o fim, que vocês serão considerados isentos de qualquer pecado ou culpa naquele dia quando Ele voltar.

9 Certamente que Deus fará isso por vocês, por que Ele sempre faz mesmo o que diz, e foi Ele quem nos convidou a essa maravilhosa amizade com seu Filho – Cristo, nosso Senhor.

10 Mas, queridos irmãos, suplico-lhes encarecidamente em nome do Senhor Jesus Cristo que parem essas discussões entre vocês. Que haja verdadeira harmonia, a fim de que não apareçam divisões na igreja. Eu lhes imploro que tenham o mesmo modo de pensar, unidos na mente e nas intenções.

1. Paulo, chamado a ser apóstolo do Cristo Jesus, por vontade de Deus, e o irmão Sóstenes,

2. à Igreja de Deus que está em Corinto: aos que foram santificados no Cristo Jesus, chamados a serem santos, junto com todos os que, em qualquer lugar, invocam o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso.

3. Para vós, graça e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.

4. Dou sempre graças a meu Deus a vosso respeito, por causa da graça que ele vos concedeu no Cristo Jesus.

5. Nele fostes enriquecidos em tudo, em toda palavra e em todo conhecimento,

6. à medida que o testemunho sobre Cristo se confirmou entre vós.

7. Assim, não tendes falta de nenhum dom, vós que aguardais a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo.

8. É ele também que vos confirmará em vosso procedimento irrepreensível até o fim, até ao dia de nosso Senhor Jesus Cristo.

9. É fiel o Deus que vos chamou à comunhão com seu Filho, Jesus Cristo, nosso Senhor.

10. Irmãos, eu vos exorto, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, a que estejais todos de acordo no que falais e não haja divisões entre vós. Pelo contrário, sede bem unidos no sentir e no pensar.

 

3 – Uso dos softwares: algumas vezes os modernos softwares de exegese bíblica são apresentados como o argumento para não mais se estudar as línguas bíblicas originais. No entanto, sem um conhecimento básico da língua original, esses softwares são inúteis e com um conhecimento apenas básico eles servem apenas como dicionários e chaves bíblicas de luxo. Qual é a real utilidade exegética de softwares como o Logos e o Bibleworks? Um dos usos mais prolíferos dessas ferramentas são as buscas gramaticais, morfológicas e sintáticas que podem fazer. Tais buscas ajudam o estudante a entender a sua passagem (na verdade, uma determinada construção em sua passagem) à luz de outras pelo mesmo autor, por outros autores ou, no caso do Novo Testamento, da Septuaginta e de outras obras gregas.[8] Alguns dos gráficos que esses programas apresentam também só fazem sentido se o usuário realmente estiver familiarizado com a língua original.

 

4 – Consulta às variantes textuais: Com o conhecimento da língua grega você pode consultar diversos manuscritos (muitos deles estão editados) e pode ler outras obras escritas em grego que lancem luz sobre o NT, como é o caso da LXX, dos escritos de vários pais da igreja, de documentos contemporâneos aos livros do Novo Testamento Grego.

 

5 – Prestar mais atenção ao texto bíblico: uma das consequencias interessantes de se estudar o Novo Testamento em Grego é que o leitor presta mais atenção ao que lê. As palavras ganham um sentido mais vivo e o texto como um todo torna-se mais vivo. Evidentemente, isos acontecerá à medida que a tua leitora do grego bíblico se tornar fluente.

 

O fato é que nós, pastores e teólogos, somos no melhor sentido da expressão os “profissionais da palavra”, e temos a obrigação de manejá-la bem (2Tm 2.15). Nossa pregação deve ser a pregação da Palavra, nosso aconselhamento deve ser oriundo da Palavra, nossa meditação e oração devem ser calcados na Palavra. Sendo assim, para pastores e estudantes de teologia não há outra opção. Temos a obrigação de conhecermos a palavra em suas línguas originais, sob pena de nos tornarmos rasos ou mal guiarmos as ovelhas que Deus tem confiado a nós. Assim sendo, estude Grego!

 

 

Se você ainda não está convencido ou tem interesse em outras abordagens a esse assunto, leia outras respostas à pergunta “porque estudar Grego?”

https://perswww.kuleuven.be/~u0013314/greekg/whystudy.htm

http://www.inthebeginning.org/ntgreek/introduction.htm

http://biblicalgreek.org/grammar/whystudy.php


[8] Encontre dentro de um grupo de dez palavras todas as instâncias  de um particípio dativo ou acusativo que não seja precedido imediatamente por um artigo em concordância com ele, e seguido por um artigo e um substantivo, excluindo casos em que uma palavra de uma lista específica ocorra. (http://www.bibleworks.com/content/intro.html)

Uncategorized

Anúncios

João Paulo Thomaz de Aquino Visualizar tudo →

Mestre em Antigo Testamento pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper (CPAJ, 2007), mestre em Novo Testamento pelo Calvin Theological Seminary (2009) e doutor em ministério pelo CPAJ (2015), doutorando em Novo Testamento pela Trinity International University. É professor de Novo Testamento no CPAJ e ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil. É também editor dos websites http://www.issoegrego.com.br e http://yvaga.wordpress.com.

4 comentários Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: